Vacina Mais Pernambuco já aplicou 11 mil doses de imunizantes contra a Covid-19

_MG_6695
Percentuais de cobertura completa dos nove municípios que já receberam as equipes itinerantes aumentaram entre 20% e 52%
 

Em um mês, o Vacina Mais Pernambuco, programa realizado pelo Governo do Estado em parceria com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) com o objetivo de acelerar a vacinação contra a Covid-19, já percorreu áreas remotas de nove municípios e aplicou mais de 11 mil doses dos imunizantes contra o novo coronavírus. Das 11.696 doses já aplicadas, 1.360 foram primeiras doses; 3.145 foram segundas doses e 7.191 doses de reforço.

As cidades já visitadas – Água Preta, Catende, Escada, Gameleira, Joaquim Nabuco, Quipapá, Ribeirão, São Benedito do Sul e São José da Coroa Grande – pertencem à III Gerência Regional de Saúde (Geres), região com o maior número de cidades que precisam de atenção para as coberturas vacinais. O objetivo das equipes itinerantes, formadas por vacinadores e registradores equipados com tablets, é vacinar pessoas que enfrentam maior desafio para realizarem a imunização por residirem em áreas rurais e de difícil acesso.

Este foi o caso de Eunice Maria da Silva, 45 anos, moradora de São José da Coroa Grande, no litoral sul de Pernambuco, que tomou a primeira dose da vacina apenas no final de dezembro. “Eu estava insegura e com medo de tomar a vacina, mas a equipe me explicou a importância de estar protegida. Por muito tempo, eu não quis ser imunizada e não procurei nenhum posto de saúde também por morar longe. Mas agora vou esperar o tempo certo para tomar a segunda dose e completar a minha vacinação porque eu não quero adoecer”, disse Eunice Maria.

“Já percebemos um avanço significativo nas taxas de cobertura no que se refere ao esquema vacinal completo nessas nove cidades. É certo que a vacinação nessas populações e locais remotos trouxe grande impacto. A cobertura média das pessoas que haviam tomado as duas doses da vacina ou a dose única, nesses municípios, saiu de 46% para mais de 62%”, avalia Ana Catarina.

Antes do Vacina Mais Pernambuco, a cidade de Escada, por exemplo, apresentava uma cobertura de 48% da população completamente vacinada. Hoje, este número alcança a marca de 73%, representando um aumento de 52%. Já em Joaquim Nabuco os percentuais do esquema vacinal completo saíram de 48,1% para 73,2% (aumento de 52%); em Catende de 46,1% para 64,7% (aumento de 40,3%); em São José da Coroa Grande de 45,3% para 62,3% (aumento de 37,5%); em Gameleira de 45,2% para 62,7% (aumento de 38,7%); em Quipapá de 49,8% para 63,3% (aumento de 27,1%); em Ribeirão de 49,6% para 62,4% (aumento de 25,8%); em Água Preta de 46,2% para 56,9% (aumento de 23,1%); e São Benedito do Sul de 38,6% para 46,6% (aumento de 20,7%).

Nos próximos 10 dias, as equipes vão continuar realizando o trabalho de varredura vacinal, com visita casa a casa nos municípios da Mata Sul, em seguida vão visitar cidades do Agreste e da Região Metropolitana. Para elencar os municípios a receberem os profissionais, foram feitas análises dos sistemas de informações de vacinados e também mapeados os locais com situação epidemiológica de risco ou com maior número de indivíduos não vacinados.

“Estamos alcançando o nosso objetivo que é percorrer os locais mais distantes e com os indicadores mais baixos de vacinação contra a Covid-19 para auxiliar a população, que por motivos variados, ainda não se vacinou. Com o esforço constante das nossas equipes de vacinadores, junto à atuação dos agentes comunitários de saúde, estaremos pelos próximos três meses realizando a busca ativa de pessoas não vacinadas ou que estão em atraso na segunda dose ou dose de reforço” disse a superintendente de Imunizações do Estado, Ana Catarina de Melo.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Copyright © Governo do Estado de Pernambuco. Todos os direitos reservados – 2020

Para cancelar o recebimento dos boletins de WhatsApp do Governo de Pernambuco, informe seu telefone (com DDD).

Skip to content