Boletim Secretaria estadual de Saúde – novo coronavírus

WhatsApp Image 2021-09-17 at 19.04.41
A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta sexta-feira (17/09), 336  casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 23 (7%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 313 (93%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 615.196 casos confirmados da doença, sendo 53.729 graves e 561.467 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

É importante destacar que a plataforma do Ministério da Saúde, que realiza o registro dos casos leves (E-SUS Notifica), continua apresentando inconsistências, o que vem impossibilitando o registro de casos recentes.

Além disso, o boletim registra um total de 550.055 pacientes recuperados da doença. Destes, 32.245 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 517.810 eram casos leves.

Também foram confirmados laboratorialmente nove novos óbitos (5 masculinos e 4 femininos), ocorridos entre os dias 07/01/2021 e 15/09/2021. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Afogados da Ingazeira (1), Escada (1), Frei Miguelinho (1), Recife (5) e Vitória de Santo Antão (1). Com isso, o Estado totaliza 19.595 mortes pela doença.

Os pacientes tinham idades entre 34 e 94 anos. As faixas etárias são: 30 a 39 (1), 50 a 59 (2), 60 a 69 (2) e 70 a 79 (1), 80 e mais (3). Do total, oito tinham doenças preexistentes: doença cardiovascular (5), hipertensão (5), diabetes (4), obesidade (4), doença respiratória (3), histórico de tabagismo (2), câncer (1) e doença neurológica (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Um não tinha comorbidades.

ADOLESCENTES – O Comitê Técnico Estadual para Acompanhamento da Vacinação decidiu, por unanimidade, manter a vacinação contra a Covid-19 em adolescentes com e sem comorbidades no Estado de Pernambuco. A proteção deverá ser continuada com o imunizante da Pfizer/BionTech, o único autorizado até o momento para esta finalidade. O grupo pactuou a decisão a partir de análise técnica e de decisões anteriores sobre o assunto, embasadas no arcabouço científico da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ,da Organização Mundial de Saúde (OMS) e dos posicionamentos da Sociedade Brasileira de Imunizações e da Sociedade Brasileira de Pediatria .

Ficou definido, ainda, que os membros do Comitê irão elaborar documento salientando a importância e a necessidade do Ministério da Saúde (MS) reconhecer o grupo de adolescentes como elegíveis para imunização, pois também têm risco de adoecimento e podem transmitir a doença, e que o órgão federal passe a ofertar doses de vacina para dar seguimento à campanha nos Estados.

Após a ratificação da Anvisa sobre a necessidade de se manter a proteção dessa população, o Comitê Técnico enxerga a obrigação do órgão federal de garantir a oferta de imunizantes aos Estados brasileiros, tendo em vista que a Anvisa e a OMS não fizeram objeção sobre a proteção deste público.

“Com a decisão do Comitê Técnico Estadual para Acompanhamento da Vacinação, queremos acalmar nossa população e trazer uma mensagem de amparo na ciência. Pernambuco está atuante para fazer o que for possível para que a vacinação siga, tranquilizando os adolescentes, pais e responsáveis por esses jovens”, reforça o secretário estadual de Saúde, André Longo.

SEQUENCIAMENTO GENÉTICO – A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) divulga nesta sexta-feira (17/09) mais uma rodada do sequenciamento genético de amostras de pacientes confirmados para a Covid-19 feito pelo Instituto Aggeu Magalhães (IAM/Fiocruz PE). O relatório de circulação de linhagens apontou que das 27 amostras sequenciadas, 20 foram identificadas como linhagem e sublinhagem da variante Gamma (74%), inicialmente detectada no Brasil.

No entanto, também foram detectadas no conjunto de amostras analisadas 7 (26%) pacientes infectados com a linhagem Delta. Estas amostras são de pacientes provenientes das cidades de Exu (1), Camaragibe (1), Petrolina (4) e Primavera (1). Entre os 7 casos da variante Delta, 4 foram em pessoas do sexo masculino e 3 do sexo feminino, com idades entre 20 e 56 anos. As faixas etárias são: 20 a 29 (4), 30 a 39 (2) e 50 a 59 (1).

Das amostras que positivaram para a variante Delta, todas foram notificados no sistema de informação dos casos leves. Os municípios de origem foram orientados a investigar e acompanhar os casos. Com isso, até agora, o Estado totaliza 36 pessoas infectadas por essa variante.

Todas as coletas dos materiais biológicos para esta rodada de sequenciamento genético ocorreram entre os dias 6 e 27 de agosto. As amostras desta rodada de sequenciamento genômico foram dos seguintes municípios: Exu, Terezinha, Igarassu, Caruaru, Ipojuca, Camaragibe, Sairé, Petrolina, Primavera e Cabrobó.

HISTÓRICO – Além dos 7 novos casos registrados nesta sexta-feira (17/09), outros 15 casos foram registrados no dia 10/09, sendo 14 de pacientes provenientes das cidades pernambucanas de Araçoiaba (1), Caruaru (4), Escada (1), Jaboatão dos Guararapes (1), Jataúba (2), Quipapá (1), Recife (3) e Fernando de Noronha (1), além de 1 pacientes de outro estado: São Paulo/Ubatuba (1), turista que foi testado e notificado por Fernando de Noronha.

Outros 4 foram confirmados no dia 02.09 de pacientes provenientes das cidades de Olinda (1), Ipojuca (1), Caruaru (1) e Araripina (1). No dia 27.08 foram confirmados 8 casos da variante em pessoas residentes dos municípios do Recife (5), Olinda (1), Cabo de Santo Agostinho (1) e Exu (1). Antes disso, no dia 18.08 foram confirmadas 2 amostras com a cepa originária da Índia, de pessoas residentes de Abreu e Lima (1) e Olinda (1), que adoeceram em julho.

NORONHA – Em parceria com a Secretaria de Saúde do Estado, a Administração de Fernando de Noronha vai iniciar a segunda fase da pesquisa de imunização, que faz parte do Estudo Epidemiológico em curso na ilha. A coleta de sangue para o exame sorológico inicia na segunda-feira (20) e segue até o dia 1º de outubro, no hospital de campanha, localizado no Bairro da Floresta Velha, das 9h às 12h e das 13h às 17h. Para participar, é preciso ter tomado as duas doses da vacina. Quem não participou da primeira fase da pesquisa poderá participar da segunda.

O tipo de exame será o mesmo da primeira fase. A nova etapa vai avaliar a imunidade humoral (anticorpos) e celular (linfócitos) de defesa do organismo contra a Covid-19 após a aplicação da segunda dose. O objetivo é acompanhar o desenvolvimento imunológico dos moradores em cada etapa da vacinação. A terceira e última fase vai acontecer em fevereiro de 2022, seis meses após a aplicação da segunda dose da vacina.

“Essa pesquisa é muito importante para sabermos como está a imunidade da população. Com o resultado da segunda fase, já vamos obter um maior entendimento sobre o esquema de vacinação, sendo possível avaliar se é necessário uma terceira dose ou se é preciso uma vacina a cada 6 meses. Tudo isso vamos saber ao finalizar a pesquisa”, disse o superintendente de Saúde, Fernando Magalhães.

O sangue coletado nos moradores da ilha será enviado ao Recife e processado na Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope). Na medida em que forem concluídos, os resultados dos exames serão entregues a cada participante, de maneira sigilosa. Com o resultado da pesquisa, será possível avaliar o quanto a pessoa produziu de anticorpos em relação à segunda dose da vacina.

A população elegível para tomar a dose de reforço e que vai participar da pesquisa de imunização, deve fazer a coleta do exame de sangue sorológico antes da vacina. Essa medida evita uma possível alteração na leitura de anticorpos que poderia resultar em um dado falso.

BALANÇO DA VACINAÇÃO – Pernambuco já aplicou 9.159.944 doses de vacinas contra a Covid-19 na sua população, desde o início da campanha de imunização no Estado (no dia 18 de janeiro de 2021).

Com relação às primeiras doses, foram 6.103.285 aplicações (cobertura de 73,43%). Do total, 3.056.659 pernambucanos (36,78%) já completaram seus esquemas vacinais, sendo 2.883.668 pessoas que foram vacinadas com imunizantes aplicados em duas doses e outros 172.991 pernambucanos que foram contemplados com vacina aplicada em dose única.

Outras informações detalhadas sobre a população vacinada contra a Covid-19 estão disponíveis no Painel de Acompanhamento Vacinal, que pode ser acessado pelo https://bit.ly/3xteooh. No ambiente on-line, há as coberturas por grupo e por municípios, doses aplicadas x distribuídas por cidade, perfil dos vacinados (sexo, raça/cor). Há, ainda, as bases de dados para downlod.

Confira os detalhes: https://cutt.ly/aEu051d

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Copyright © Governo do Estado de Pernambuco. Todos os direitos reservados – 2020

Para cancelar o recebimento dos boletins de WhatsApp do Governo de Pernambuco, informe seu telefone (com DDD).

Skip to content