A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta segunda-feira (30/08), 351 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 12 (3%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 339 (97%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 607.021 casos confirmados da doença, sendo 53.243 graves e 553.778 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Além disso, o boletim registra um total de 538.803 pacientes recuperados da doença. Destes, 31.618 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 507.185 eram casos leves.

Também foram confirmados laboratorialmente 6 novos óbitos (2 masculinos e 4 femininos), ocorridos entre os dias 21/03/2021 e 29/08/2021. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Igarassu (1), Paulista (1), Recife (2), Santa Cruz do Capibaribe (1) e Tamandaré (1). Com isso, o Estado totaliza 19.370 mortes pela doença.

Os pacientes tinham idades entre 50 e 74 anos. As faixas etárias são: 50 a 59 (2), 60 a 79 (2) e 70 a 79 (2). Desse total, 4 doenças preexistentes: doença respiratória (2), hipertensão (2), diabetes (1), histórico de etilismo (1), obesidade (1) e histórico de tabagismo (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Um não tinha comorbidade e o outro segue em investigação.

BALANÇO DA VACINAÇÃO

Pernambuco já aplicou 7.933.427 doses de vacinas contra a Covid-19 na sua população, desde o início da campanha de imunização no Estado. Desse total, 2.253.833 pernambucanos completaram seus esquemas vacinais, sendo 2.280.842 pessoas que foram vacinadas com imunizantes aplicados em duas doses e outros 172.991 pernambucanos que foram contemplados com vacina aplicada em dose única.

Com relação apenas às primeiras doses, foram 5.479.594 aplicações. Ao todo, foram feitas a primeira dose em 324.650 trabalhadores de saúde; 26.147 povos indígenas aldeados; 45.540 em comunidades quilombolas; 7.700 idosos em Instituições de Longa Permanência; 683.153 idosos de 60 a 69 anos; 611.773 idosos de 70 e mais; 2.463 pessoas com deficiência institucionalizadas; 430.108 pessoas com comorbidades; 35.889 pessoas com deficiência permanente; 75.068 gestantes e puérperas; 422.714 trabalhadores de serviços essenciais; 2.009 pessoas em situação de rua; 30.946 pessoas privadas de liberdade, 27.916 adolescentes de 12 a 17 anos de idade, além de 2.753.518 pessoas de 18 a 59 anos.

Em relação às segundas doses, já foram beneficiados 278.625 trabalhadores de saúde; 25.974 povos indígenas aldeados; 42.791 em comunidades quilombolas; 5.943 idosos institucionalizados; 579.873 idosos de 60 a 69 anos; 528.218 idosos de 70 e mais; 1.191 pessoas com deficiência institucionalizadas; 230.219 pessoas com comorbidades; 14.903 pessoas com deficiência permanente; 23.368 gestantes e puérperas; 166.093 trabalhadores de serviços essenciais; 1.080 pessoas em situação de rua; 28.463 pessoas privadas de liberdade; além de 354.101 pessoas de 18 a 59 anos, totalizando 2.280.842 pernambucanos.

Em relação à dose única, foram beneficiadas 2.225 idosos de 60 a 69 anos; 569 idosos de 70 anos e mais; 2.502 pessoas com comorbidades; 373 pessoas com deficiência permanente; 12.282 trabalhadores de serviços essenciais; 1.025 pessoas em situação de rua, além de 154.015 pessoas de 18 a 59 anos, totalizando 172.991 doses únicas.