Boletim Secretaria Estadual de Saúde – novo coronavírus

WhatsApp Image 2021-06-16 at 18.25.36

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta quarta-feira (16/06), 2.647 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 173 (6,5%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 2.474 (93,5%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 526.963 casos confirmados da doença, sendo 47.914 graves e 479.049 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Além disso, o boletim registra um total de 438.357 pacientes recuperados da doença. Destes, 27.259 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 411.098 eram casos leves.

Também foram confirmados laboratorialmente 58 novos óbitos (32 masculinos e 26 femininos), ocorridos entre os dias 21/11/2020 e 15/06/2021.

As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Abreu e Lima (1), Amaraji (1), Bezerros (1), Bonito (1), Brejinho (1), Cabo de Santo Agostinho (2), Cachoeirinha (1), Camaragibe (1), Caruaru (3), Catende (1), Feira Nova (1), Flores (1), Frei Miguelinho (1), Garanhuns (2), Igarassu (1), Iguaracy (2), Itapetim (1), Jaboatão dos Guararapes (1), Limoeiro (1), Orobó (1), Palmares (1), Petrolina (1), Pombos (1), Recife (18), Sairé (1), São Caitano (2), São João (1), São Joaquim do Monte (1), São José do Egito (1), Surubim (1), Tabira (1), Timbaúba (1), Tuparetama (1), Vertentes (1) e Vitória de Santo Antão (1). Com isso, o Estado totaliza 16.990 mortes pela doença.

Os pacientes tinham idades entre 31 e 97 anos. As faixas etárias são: 30 a 39 (13), 40 a 49 (7), 50 a 59 (15), 60 a 69 (8), 70 a 79 (9), 80 ou mais (6). Do total, 38 tinham doenças preexistentes: diabetes (19), doença cardiovascular (16), obesidade (13), hipertensão (9), tabagismo/histórico de tabagismo (3), câncer (2), doença hepática (2), doença de Alzheimer (1), doença respiratória (1), imunossupressão (1), etilismo e histórico de AVC (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Um não tinha comorbidades e os demais seguem em investigação.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 30.084 casos foram confirmados e 52.607 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais. O boletim de hoje também traz, em sua parte final, o detalhamento da testagem destes profissionais.

SELEÇÃO PÚBLICA

O Governo de Pernambuco, por meio das secretarias estaduais de Administração (SAD) e Saúde (SES-PE), publicou nesta quarta-feira (16/06), no Diário Oficial (DOE), o edital da seleção pública simplificada com 1.575 vagas para trabalhadores de saúde. O objetivo da contratação temporária é ampliar e qualificar as ações de assistência à emergência em saúde ocasionada pela pandemia do novo coronavírus. Ao todo, há 507 vagas para médicos, 248 para diversas profissões de nível superior (analista em saúde) e 820 de nível técnico (assistente em saúde). As inscrições começam na quinta (17/06) e seguem até o domingo (20/06) exclusivamente pelo selecionases.saude.pe.gov.br. Mais informações no portal.saude.pe.gov.br.

“Com a abertura dessa seleção, daremos mais um passo importante para a qualificação da assistência na rede estadual. Já chamamos cerca de 7,5 mil aprovados em seleções simplificadas desde o início da pandemia e continuamos atentos para manter as escalas completas em nossos serviços, que estão atuando com determinação para tratar os pacientes pernambucanos. Neste edital, estamos convocando diversas categorias para atender as especificidades dos nossos pacientes acometidos por esse vírus, que tem mobilizado as redes de gestão em saúde de todo o mundo”, destaca o secretário estadual de Saúde, André Longo.

A contratação desses novos profissionais proporcionará um incremento na rede de assistência voltada para aos atendimentos de casos suspeitos e confirmados para Covid-19 em todas as regiões do Estado. As especialidades médicas que serão chamadas neste edital são: cardiologia (adulto e pediátrico), cirurgia geral (adulto e pediátrico), cirurgia vascular, clínico geral, infectologia, médico intensivista (adulto e pediátrico), neonatologista, pediatra, radiologia e diagnóstico por imagem, médico regulador, tocoginecologista e traumato-ortopedista.

Também há vagas disponíveis para assistente social, biomédico, enfermeiro (assistencial, obstetra, uteísta e regulador), engenheiro de segurança do trabalho, farmacêutico, fisioterapeuta (em terapia intensiva e respiratório), fonoaudiólogo, nutricionista, psicólogo, terapeuta ocupacional, entre as profissões de nível superior; e técnicos de enfermagem, laboratório e farmácia, entre os de nível técnico.

A seleção pública será realizada em etapa única, de caráter classificatório e eliminatório, que consiste em análise curricular dos inscritos. De acordo com o edital, não será permitida a participação de candidatos com mais de 60 anos de idade, gestantes, puérperas ou aquelas pessoas que se enquadrem em outro grupo de risco de aumento de mortalidade pela Covid-19. O resultado preliminar será divulgado no dia 05/07 e o final em 09/07, no portal.saude.pe.gov.br.

BALANÇO DA VACINAÇÃO

Pernambuco já aplicou 3.624.315 doses da vacina contra a Covid-19, chegando a 2.612.701 pernambucanos já vacinados com a primeira dose. Ao todo, foram feitas a primeira dose em 293.703 trabalhadores de saúde; 26.073 povos indígenas aldeados; 43.182 em comunidades quilombolas; 7.700 idosos em Instituições de Longa Permanência; 646.214 idosos de 60 a 69 anos; 398.072 idosos de 70 a 79 anos; 202.632 idosos de 80 anos e mais; 1.554 pessoas com deficiência institucionalizadas; 17.960 trabalhadores das forças de segurança e salvamento; 369.231 pessoas com comorbidades; 25.245 pessoas com deficiência permanente; 48.552 gestantes e puérperas; 49.312 pessoas de 40 a 49 anos; 262.819 pessoas de 50 a 59 anos; 794 pessoas em situação de rua, 598 pessoas privadas de liberdade; além de 219.060 trabalhadores de serviços essenciais.

Em relação à segunda dose, já foram beneficiados 216.852 trabalhadores de saúde; 25.702 povos indígenas aldeados; 2.142 em comunidades quilombolas; 5.723 idosos institucionalizados; 279.392 idosos de 60 a 69 anos; 322.903 idosos de 70 a 79 anos; 152.422 idosos de 80 anos e mais; 1.181 pessoas com deficiência institucionalizadas e 5.297 trabalhadores das forças de segurança e salvamento; totalizando 1.011.614 que já finalizaram o esquema vacinal.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Copyright © Governo do Estado de Pernambuco. Todos os direitos reservados – 2020

Para cancelar o recebimento dos boletins de WhatsApp do Governo de Pernambuco, informe seu telefone (com DDD).

Skip to content