Boletim Secretaria estadual de Saúde – novo coronavírus

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta quarta-feira (19/01), 2.215 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 17 (0,8%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 2.198 (99,2%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 659.358 casos confirmados da doença, sendo 55.598 graves e 603.760 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Leia o boletim completo da SES-PE: 19.01.22_BOLETIM_COVID-19_COMUNICAÇÃO_SES-PE

Também foram confirmados laboratorialmente oito óbitos (5 femininos e 3 masculinos), ocorridos entre os dias 19/03/2021 e 17/01/2022. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Araripina (1), Ouricuri (1), Petrolina (1), Recife (4) e Sairé (1). Com isso, o Estado totaliza 20.566 mortes pela Covid-19.

Os pacientes tinham entre 53 e 91 anos. As faixas etárias são: 50 a 59 (2), 60 a 69 (1), 70 a 79 (2) e 80 e mais (3). Todos tinham doenças preexistentes: diabetes (7), doença cardiovascular (4), hipertensão (2), doença respiratória (1) e doença neurológica (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade.

NOVOS CENTROS DE TESTAGEM

Para atender a alta demanda diante da aceleração das doenças respiratórias, o Governo de Pernambuco colocará em funcionamento nos próximos dias mais dois centros de testagem para detecção da Covid-19. Os novos pontos funcionarão no Parque Dona Lindu, em Boa Viagem, Zona Sul do Recife, e no Centro de Convenções (Cecon), em Olinda. O centro do Dona Lindu já deve começar os atendimentos na próxima segunda-feira (24/01). Já o ponto do Cecon iniciará as atividades até o final deste mês. Ambos funcionarão de domingo a domingo, das 8h às 17h, por demanda espontânea.

“A testagem, principalmente com a introdução da variante Ômicron, é fundamental para que possamos rastrear os contatos de casos confirmados de Covid-19, isolando os positivos e contendo, assim, a disseminação do vírus. Os dois novos centros sob gestão estadual vão facilitar o acesso da população pernambucana à testagem pelo SUS, de forma gratuita, ampliando nossa capacidade e reforçando a vigilância do novo coronavírus em nosso território”, explicou Longo. Quem se dirigir aos locais poderá realizar o teste rápido de antígeno para detecção do vírus e saber o resultado em cerca de 20 minutos.

Para composição das equipes, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) vai convocar mais profissionais aprovados em concurso e seleções simplificadas da pasta. O centro de testagem do Dona Lindu funcionará próximo à bilheteria do Teatro Luiz Mendonça, atendendo a demanda de pedestres, com a atuação de uma equipe de 37 profissionais, entre enfermeiros e técnicos de enfermagem. Já o centro de testagem do Cecon atenderá tanto a demanda de pedestres como a demanda de drive-thru. Para o posto do Centro de Convenções, atuarão 61 profissionais, entre enfermeiros e técnicos de enfermagem.

Para garantir que não faltem exames para a população, André Longo anunciou que a Secretaria Estadual de Saúde está com processo em andamento para aquisição de mais 800 mil testes rápidos de antígeno, que se somarão aos mais de 400 mil testes que já estão em estoque.

LEITOS

A outra frente de combate às doenças respiratórias do Governo de Pernambuco é a ampliação de leitos destinados a casos suspeitos e confirmados. Nos últimos 27 dias, o Estado abriu 667 leitos para tratar casos de Síndrome respiratória aguda grave (Srag), sendo 274 de UTI. O montante equivale a cerca de 20 vagas abertas por dia. Com esta força-tarefa, Pernambuco conseguiu zerar a fila de espera de pacientes por um leito. “Com a intensa mobilização de vagas hospitalares, a fila de espera por um leito, que já teve mais de 200 pacientes no começo do mês, hoje está zerada, já que temos uma oferta de vagas superior às solicitações”, pontuou André Longo.

A previsão é que, nos próximos dias, o Governo abra outros 440 leitos, sendo 258 de terapia intensiva, dedicados aos casos de Srag. Com a ampliação das vagas, o governador Paulo Câmara autorizou, nesta semana, a contratação de 530 profissionais de saúde, sendo 290 médicos, por meio de seleção pública e convocação de concurso. “Desde 2020, já foram mais de 13 mil profissionais contratados, o que é a maior mobilização de força de trabalho para a saúde da história de Pernambuco”, ressaltou o secretário.

Atualmente, o Estado conta com 1.890 leitos voltados para os casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) – incluindo os casos suspeitos e confirmados para Covid-19, sendo 970 de UTI e 920 leitos de enfermaria, a maior rede pública para casos respiratórios entre os estados do Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Neste momento, a taxa de ocupação na rede pública de saúde registra uma média de 77%, sendo 84% para leitos de terapia intensiva e 70% para os leitos de enfermaria.

CENÁRIO EPIDEMIOLÓGICO

Na segunda semana epidemiológica de 2022, a SES-PE registrou uma desaceleração dos casos de Síndrome respiratória aguda grave (Srag). Foram 1.189 notificações, o que representa uma redução de 15% em uma semana e um crescimento de 25% em 15 dias. Neste mesmo período, foram 672 solicitações por vagas de UTI – uma redução de 16% em uma semana e de 15% nos últimos 15 dias.

Longo alertou que este movimento ainda é resultado do impacto dos números de influenza A (H3N2) registrados nos últimos dias de 2021 e começo de 2022. O gestor ainda alertou que, diante da circulação da variante Ômicron da Covid-19, a recomendação é seguir com todos os cuidados necessários. “Não podemos baixar a guarda. A Covid-19 ainda é uma ameaça e nosso alerta se volta, agora, para a variante Ômicron, que já é dominante em nosso Estado e tem impactado no aumento da positividade dos casos leves da doença”, pontuou André Longo.

Segundo levantamento da SES, na última terça-feira, a cada 100 testes rápidos de antígeno realizados nos centros estaduais de testagem, 35 positivaram para Covid-19. Já a positividade geral das amostras processadas pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-PE) está em 19% – na semana epidemiológica 51 de 2021 (dezembro), a taxa era de apenas 2,8%.

IMPORTÂNCIA DA VACINAÇÃO

Com a circulação da Ômicron em Pernambuco, o secretário André Longo reforçou, durante a coletiva de imprensa, a importância da vacinação contra a Covid-19 para evitar casos graves da doença.

“A Ômicron tem uma capacidade de transmissão muito superior às outras variantes, conseguindo contaminar de forma recorrente até mesmo pessoas vacinadas contra a doença. Mas, mesmo que a vacina não nos deixe livres da infecção, a doença em não vacinados tem impacto muito pior. Em vacinados, os sintomas, geralmente, são leves, muito parecidos com os de uma gripe, com coriza e incômodo na garganta. Já não estar vacinado, ou só parcialmente vacinado, pode significar hospitalização e morte”, alertou Longo.

IMUNIZAÇÃO DAS CRIANÇAS

O pediatra e membro da Sociedade Brasileira de Imunizações, Eduardo Jorge da Fonseca, que também participou da coletiva, reforçou a importância da imunização das crianças contra o novo coronavírus.

“Como as crianças fazem parte do grupo menos vacinado, é de se esperar que a variante Ômicron passe a ter mais impacto na pediatria, o que significa maior risco patogênico. Esta é mais uma razão para acelerarmos a vacinação pediátrica. A vacina é essencial. Já está mais do que comprovado”, pontuou o médico pediatria.

A vacina da Pfizer/Comirnaty, único imunizante aprovado até o momento para essa faixa etária pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), foi analisada pelas mais importantes agências regulatórias do mundo e é, comprovadamente, segura e eficaz.

BALANÇO DA VACINAÇÃO

Pernambuco já aplicou 15.440.472 doses de vacinas contra a Covid- 19 na sua população, desde o início da campanha de imunização no Estado (no dia 18 de janeiro de 2021).

Com relação às primeiras doses, foram 7.338.070 aplicações (cobertura de 95,39%). Do total, 6.448.463 pernambucanos (83,83%) já completaram seus esquemas vacinais, sendo 6.275.362 pessoas que foram vacinadas com imunizantes aplicados em duas doses e outros 173.101 pernambucanos que foram contemplados com vacina aplicada em dose única.

Em relação às doses de reforços (terceira dose), já foram aplicadas 1.653.939 (cobertura de 25,04%).

Outras informações detalhadas sobre a população vacinada contra a Covid-19 estão disponíveis no Painel de Acompanhamento Vacinal, que pode ser acessado pelo https://bit.ly/3xteooh. No ambiente on-line, há as coberturas por grupo e por municípios, doses aplicadas x distribuídas por cidade, perfil dos vacinados (sexo, raça/cor). Há, ainda, as bases de dados para download.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Copyright © Governo do Estado de Pernambuco. Todos os direitos reservados – 2020

Para cancelar o recebimento dos boletins de WhatsApp do Governo de Pernambuco, informe seu telefone (com DDD).

Skip to content