Boletim Secretaria de Saúde – n° de casos

WhatsApp Image 2020-05-20 at 19.17.04

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, nesta quarta-feira (20.05), 1.318 novos casos da
Covid-19 em Pernambuco. Entre os confirmados hoje, 518 se enquadram como Síndrome
Respiratória Aguda Grave (Srag) e 800 como leves. Agora, Pernambuco totaliza 22.560 casos já
confirmados, sendo 11.018 graves e 11.542 leves. Dos casos graves, 1.962 evoluíram bem,
receberam alta hospitalar e estão em isolamento domiciliar. Outros 4.064 estão internados, sendo
229 em UTI e 3.835 em leitos de enfermaria, tanto na rede pública quanto privada.
Além disso, o boletim de hoje registra mais 115 pacientes recuperados do novo coronavírus em
Pernambuco, totalizando 3.158 pessoas curadas da Covid-19 no Estado. Até agora, os casos graves
confirmados da doença estão distribuídos por 152 municípios pernambucanos (tabela 1), além do
Arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência de pacientes em outros Estados e países.
Também foram confirmados laboratorialmente 93 óbitos (sendo 52 do sexo masculino e 41 do sexo
feminino) de pessoas residentes nos municípios de Recife (38), Jaboatão dos Guararapes (5), Olinda
(5), Paulista (4), Cabo de Santo Agostinho (3), Camaragibe (3), Goiana (3), Águas Belas (2), Ipojuca
(2), Nazaré da Mata (2), Passira (2), Pombos (2), Ribeirão (2), Abreu e Lima (1), Água Preta (1),
Araripina (1), Arcoverde (1), Condado (1), Custódia (1), Garanhuns (1), Glória do Goitá (1), Gravatá
(1), Ibimirim (1), Itaíba (1), Itambé (1), João Alfredo (1), Lagoa do Carro (1), Limoeiro (1), Moreno (1),
Palmares (1), Pesqueira (1), São Lourenço da Mata (1) e Tracunhaém (1). Com isso, o Estado totaliza
1.834 mortes pela Covid- 19.
As mortes ocorreram entre os dias 24.04 e 19.05 e os pacientes tinham idades entre 23 e 99 anos de
idade. Dos 93 pacientes que vieram a óbito, 50 apresentavam comorbidades confirmadas:
hipertensão (23), diabetes (23), doença cardiovascular (12), tabagismo/histórico de tabagismo (5),
histórico de AVC (4), doença renal (3), câncer/histórico de câncer (3), etilismo/histórico de etilismo
(2), hipotireoidismo (2), doença de Alzheimer (2), tuberculose/histórico de tuberculose (2), doença
hepática/histórico de doença hepática (2), obesidade (1), desnutrição (1), neoplasia (1), linfoma (1),
mieloma (1) e síndrome da imunodeficiência humana adquirida (1) – o mesmo paciente pode ter
mais de uma comorbidade. Dois não tinham comorbidades e os demais estão em investigação pelos
municípios. As faixas etárias são: 20 a 29 (1), 30 a 39 (2), 40 a 49 (9), 50 a 59 (11), 60 a 69 (21), 70 a
79 (31), 80 ou mais (18).
Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até
agora, 4.371 casos foram confirmados e 3.162 descartados. As testagens abrangem os profissionais
de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Estado
foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar os profissionais da área da saúde.
NOVO HOSPITAL DE REFERÊNCIA – A Unidade Pernambucana de Atenção Especializada (UPAE), que
vai atuar como Hospital de Referência à Covid-19, começou a funcionar nesta quarta-feira (20) em
Goiana, município da Mata Norte do Estado, com 30 leitos dedicados aos pacientes suspeitos e
confirmados da Covid-19, sendo três de área vermelha – com suporte respiratório destinado à
estabilização dos pacientes mais graves antes da remoção para hospitais de referência.
A UPAE foi construída e equipada pelo Grupo Fiat-Chrysler Automobiles (FCA), que conta com uma
fábrica instalada naquela cidade. Após ter se tornado uma importante parceira do Governo de
Pernambuco no desenvolvimento econômico, a FCA estende essa parceria também à saúde.
Por se tratar de um equipamento novo, os leitos serão implantados de forma gradativa para que a
2
estrutura funcione bem, com os serviços sendo integrados e o fluxo administrado de forma
organizada, com segurança para a assistência à população. Quando estiver funcionando com toda a
capacidade, a unidade vai abrigar um total de 100 leitos, sendo 10 de UTI. O serviço ainda vai
realizar exames de raios-X e laboratoriais. “Precisamos estar preparados e apresentar respostas à
Covid-19 em diversas regiões do Estado. Estamos vivenciando um momento de crescimento do
número de casos em Pernambuco, demandando estratégias rápidas e precisas de vigilância e
assistência à saúde”, afirmou a secretária executiva de Atenção à Saúde do Estado, Cristina Mota.
Segundo ela, até o momento o Governo de Pernambuco já abriu 1.301 leitos, sendo 568 de UTI, e a
partir de agora, Goiana torna-se estratégica nesse processo de assistência, por contar com esse
novo equipamento de saúde para assistência aos casos suspeitos e confirmados da Covid-19. “Por
isso, essa parceria com o grupo FCA, a quem publicamente agradecemos, será fundamental para a
assistência à população”, completou a secretária executiva.
ATENDE EM CASA – Mais 17 municípios pernambucanos começarão a ser assistidos pelo Atende em
Casa, aplicativo que possibilita, de forma remota, orientações para usuários que estejam
apresentando sintomas gripais. Entram, na ação já nesta quinta-feira (21.05) as cidades de Afogados
da Ingazeira, Brejinho, Carnaíba, Iguaracy, Ingazeira, Itapetim, Quixaba, Santa Terezinha, São José do
Egito, Solidão, Tabira e Tuparetama, localizadas no Sertão do Estado (na X Região de Saúde), além
de Gravatá, no Agreste pernambucano (situada na IV Região de Saúde). Completando a lista estão
os municípios de Aliança, Camutanga, Timbaúba e Macaparana, situados Zona da Mata Norte (na XII
Região). Juntas, as cidades têm uma população maior que 399 mil pessoas. Agora, já são 88
localidades de todas as regiões do Estado que são contempladas com a ferramenta, beneficiando
cerca de 6,3 milhões de pernambucanos.
O Atende em Casa, lançado pelo Governo de Pernambuco em parceria com a Prefeitura do Recife,
tem o objetivo de passar orientações para a população, seja para manter o isolamento domiciliar
ou, após uma teleorientação feita por profissional de saúde, fazer a busca qualificada por um
serviço de saúde mais próximo da sua casa. O aplicativo, disponível pelo site
www.atendeemcasa.pe.gov.br e para smartphones com sistema Android, permite que médicos,
enfermeiros ou residentes médicos façam videochamadas e orientações aos usuários. Mais de 100
profissionais de saúde foram treinados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), responsável por
coordenar os atendimentos fora do Recife, para atuação no Atende em Casa, reforçando as escalas
de plantão. Os profissionais recebem orientações quanto ao uso do aplicativo, protocolos clínicos da
Covid-19 e fluxo de atendimento nas unidades de saúde.
ISOLAMENTO SOCIAL – Dados divulgados pelo Gabinete de Enfrentamento à Covid-19 do Governo
de Pernambuco indicam que as medidas restritivas apresentam resultados positivos na questão do
isolamento social nos cinco municípios da Região Metropolitana do Recife incluídos no decreto
estadual de quarentena mais rigorosa. Segundo dados da empresa InLoco, a média de isolamento
no Recife, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Camaragibe e São Lourenço da Mata tem se mantido
em percentuais acima dos registrados nas semanas anteriores. A taxa média nas cinco cidades
chegou aos 60,1% (dia 16), 63,8% (dia 17), 53,5% (18) e 52,1% (19). São números que indicam um
crescimento bem superior aos dias anteriores, quando foram registrados, respectivamente, 48,1%
(09), 52,4% (10), 49,4% (11) e 50,1% (12) antes da implantação da Operação Quarentena.
Segundo o levantamento feito pela InLoco, no dia 19, em Pernambuco, a taxa de isolamento social
foi de 48,8%. Acima, portanto, da semana anterior, quando 48,3% da população aderiram às regras
da quarentena. Nesse dia, nos cinco municípios da Região Metropolitana os números registraram
uma média de 52,1%, contra 50,1% da semana anterior. No Recife, o levantamento mostrou uma
3
adesão de 54,1% da população às medidas no dia 19. Uma semana antes (12.05) a média era de
52,1%. Em Olinda, no mesmo período, as taxas subiram de 51,9% (12.05) para 54% dos moradores
colaborando com as regras da quarentena.
Também no dia 19, Jaboatão dos Guararapes apareceu com 51,2% de isolamento social. No dia 12,
o índice havia ficado em 48,7%. Camaragibe passou de 49,1% para 50,6% no comparativo. A
população de São Lourenço da Mata também incorporou o sentimento, aumentando o percentual
de 48,7% para 50,4%, na comparação do dia 12 com o dia 19 de maio. Os números refletem o
entendimento de grande parte da população, compreendendo que as medidas são necessárias e
eficientes para o enfrentamento à pandemia de Covid-19.
CARUARU – Diante do crescente número de casos da Covid-19 no Estado, o Hospital Regional do
Agreste (HRA), em Caruaru, está com ala exclusiva para o atendimento de pacientes suspeitos e
confirmados da doença. São 32 leitos, sendo 18 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 14 de
enfermaria, que também conta com sala de estabilização para casos de intercorrência. A Central de
Regulação de Pernambuco tem feito o encaminhamento dos pacientes para o serviço.
Para a área de Covid-19, a direção montou uma equipe exclusiva para a assistência apenas desses
pacientes, evitando a circulação por outras áreas. O grupo é formado por médicos, enfermeiros,
técnicos de enfermagem, farmacêuticos, fisioterapeutas e serviços gerais. As equipes receberam
treinamento e, a cada plantão, recebem kits com todos os equipamentos de proteção individual
(EPIs) para poder atuar com segurança, seguindo todos os protocolos das autoridades sanitárias.
Para abrir o espaço, algumas alas passaram por adaptações para receber os pacientes. Foram
realizados serviços de manutenção, pintura especial, instalação de novos pontos de água e energia,
além de portas para isolamento. Além dos leitos, há salas de repouso, farmácia, expurgo, refeitório,
central de equipamentos e salas de paramentação e desparamentação adequada.
De acordo com o diretor do HRA, Pedro Lima, a criação da nova área foi necessária devido ao
crescimento dos casos. “O HRA precisava desta área para atender os pacientes da região e reforçar
a rede de saúde do Estado. Intensificamos a realização de cirurgias de pacientes internos, para dar
maior rotatividade aos leitos e, desde o início da pandemia, houve uma diminuição dos
atendimentos que eram comuns no hospital, o que deixou o serviço atuando com 70% da sua
capacidade. Desta forma, conseguimos disponibilizar essa ala adaptada ao atendimento dos
pacientes suspeitos e positivos da Covid-19, ampliando os leitos do Agreste e dando um suporte a
mais para a rede estadual”, explica.
Além dos 32 leitos do HRA, Caruaru também conta com 55 leitos em funcionamento no Hospital
Mestre Vitalino (HMV), sendo 30 de UTI. Ainda está sendo construído um Hospital de Campanha na
área do HMV. No local, o Governo do Estado vai ofertar 76 leitos de internação clínica, 26 leitos de
tratamento semi-intensivo e 2 leitos de estabilização, totalizando 104 novas vagas para vítimas da
pandemia.
DOAÇÕES – Na tarde desta quarta-feira (20), o secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação
(Seteq), Alberes Lopes, recebeu do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac-PE a doação de 10 mil
protetores faciais ao Governo de Pernambuco. Os equipamentos foram entregues no Palácio do
Campo das Princesas e repassados à Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), encarregada da
distribuição para hospitais localizados na Região Metropolitana do Recife (RMR). Os protetores
faciais – também conhecidos como face shields – doados pelo Sistema Fecomércio foram fabricados
em acetato, material rígido e transparente, e oferecem mais proteção aos usuários, por cobrirem
todo o rosto dos profissionais de saúde que utilizarão os equipamentos.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Copyright © Governo do Estado de Pernambuco. Todos os direitos reservados – 2020

Para cancelar o recebimento dos boletins de WhatsApp do Governo de Pernambuco, informe seu telefone (com DDD).

Skip to content