Boletim Secretaria de Saúde – n° de casos

WhatsApp Image 2020-09-08 at 19.05.50

Mais de 115 mil pessoas conseguiram se recuperar da Covid-19 em Pernambuco após serem diagnosticadas com o novo coronavírus e apresentarem a forma grave ou leve da doença. Nesta terça-feira (08.09), a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou 115.154 curas clínicas do total de 132.590 pacientes infectados, o que corresponde a 86,8% do total de pessoas confirmadas laboratorialmente com a doença.

Confira os detalhes: https://bit.ly/3bG6j6w  

Do total de recuperados, 100.021 registros, ou seja, 86,8% deles foram classificados como leves e não precisaram de internamento hospitalar por apresentarem sinais moderados ou um quadro assintomático da doença. Já 13,2%, o que corresponde a 15.133 pacientes apresentaram complicações mais severas e foram diagnosticadas com a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), necessitando de internamento hospitalar. Em relação aos casos leves, o sexo feminino representa 56% do número de recuperações e 52% das curas do total dos casos graves.

“Para estas pessoas que se enquadraram como casos graves as novas vagas abertas pelo Governo de Pernambuco e pelas prefeituras, especialmente a do Recife, no maior esforço sanitário, logístico e de mobilização de insumos, equipamentos e recursos humanos, foram fundamentais para que pudessem se curar”, pontuou o secretário estadual de Saúde, André Longo, durante coletiva de imprensa.

Durante análise dos dados, o secretário André Longo afirmou que os indicadores seguem tendência de queda nos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e também dos óbitos. “Passada mais uma semana, os indicadores seguem na tendência que já vínhamos observando, com uma queda nos casos de Srag e também dos óbitos. No Estado como um todo, na comparação de 15 dias, tivemos uma redução de 26,6% nos casos de Srag e de 36,8% nos óbitos. Mas, como sempre ressalto aqui, ainda não há um comportamento homogêneo no Estado e nem mesmo dentro das próprias macorregiões e seguiremos realizando uma análise regionalizada destes indicadores”, comentou.

Nesta terça-feira (08.09), também foram registrados 170 novos casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 24 (14%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e os outros 146 (86%) são leves, ou seja, pacientes que não demandaram internamento hospitalar. Agora, Pernambuco totaliza 132.590 casos confirmados, sendo 25.613 graves e 106.977 leves. Os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

“Hoje, infelizmente, preciso lamentar os registros de aglomerações e extrema falta de cuidado de parte da população nas praias e outros ambientes durante o final de semana prolongado e feriado. São atitudes egoístas, equivocadas e que nos causam grande preocupação e até indignação, porque colocam em risco tudo o que conquistamos até agora e também a saúde e a vida de todos. Os dados epidemiológicos desta e da próxima semana nos darão a real dimensão do impacto destas aglomerações e serão essenciais para as decisões que teremos que tomar e também na reavaliação das aberturas de serviços no Estado.

É fato: todo mundo gostaria de voltar a uma vida normal, mas não existe vida normal quando se convive com um vírus que mata. Só no Brasil já são mais de 125 mil vidas perdidas para a Covid, mais de 7 mil só aqui em Pernambuco. Então é preciso que as pessoas reflitam antes de correr tanto risco. Entendam, a pandemia não acabou e o momento ainda exige muita cautela e não nos dá o direito de relaxar. O apelo é para que todos sigam as orientações incorporando ao cotidiano os cuidados e medidas de prevenção”, pontuou André Longo.

Também foram confirmados laboratorialmente 20 óbitos (sendo 15 do sexo masculino e 5 do sexo feminino). Os novos óbitos confirmados são de pessoas residentes nos municípios de Abreu e Lima (2), Agrestina (1), Águas Belas (1), Araripina (1), Belo Jardim (1), Goiana (1), Igarassu (1), Itaquitinga (1), Jaboatão dos Guararapes (2), Ouricuri (1), Poção (1), Recife (3), Santa Cruz do Capibaribe (1), Santa Filomena (1) e São Caitano (2). Com isso, o Estado totaliza 7.741 mortes pela doença.

As mortes registradas no boletim de hoje ocorreram entre 15 de julho e 07 de setembro. Do total de mortes do informe de hoje, 10 (50%) ocorreram neste mês de setembro, sendo 3 registradas no dia de ontem (segunda, 07/09), 4 em 06/09 e 2 em 05/09. Os outros 10 registros (50%) ocorreram entre os dias 15/07 e 24/08.

Os pacientes tinham idades entre 51 e 96 anos. As faixas etárias são: 50 a 59 (3), 60 a 69 (4), 70 a 79 (9), 80 anos ou mais (4). Dos 20 pacientes que vieram a óbito, todos apresentavam comorbidades confirmadas: doença cardiovascular (16), diabetes (9), hipertensão (6), obesidade (2), histórico de tabagismo (1), doença respiratória (1) e doença de Alzheimer (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 21.063 casos foram confirmados e 34.029 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Copyright © Governo do Estado de Pernambuco. Todos os direitos reservados – 2020

Para cancelar o recebimento dos boletins de WhatsApp do Governo de Pernambuco, informe seu telefone (com DDD).

Skip to content