Boletim Secretaria de Saúde do Estado – n° de casos

WhatsApp Image 2020-12-11 at 19.00.18
Dos 197.063 casos confirmados da Covid-19 em Pernambuco até esta sexta-feira (11/12), 171.535 pessoas já estão recuperadas da doença. O quantitativo equivale a 87% do total de ocorrências registradas no Estado. Dos curados, 18.083 foram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 153.452 casos foram considerados leves.
Confira os detalhes: https://bit.ly/37TeV88

No boletim epidemiológico de hoje, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou 1.945 novos casos da Covid-19, sendo 79 (4%) casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 1.866 (96%) casos leves. Os 197.063 casos da doença estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos e no arquipélago de Fernando de Noronha.

Também foram confirmados no informe desta sexta 15 novos óbitos (7 femininos e 8 masculinos), registrados entre os dias 26/10 e 10/12. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Araripina (1), Bom Jardim (1), Carnaíba (1), Caruaru (1), Garanhuns (1), Olinda (1), Parnamirim (1), Paulista (1), Petrolina (1), Recife (5) e São Joaquim do Monte (1). Com isso, o Estado totaliza 9.244 mortes pela doença.

Os pacientes tinham idades entre 48 e 95 anos. As faixas etárias são: 40 a 49 (1), 50 a 59 (2), 60 a 69 (2), 70 a 79 (7) e 80 ou mais (3). Do total, 12 tinham doenças pré-existentes: doença cardiovascular (5), hipertensão (5), doença respiratória (4), diabetes (3), tabagismo (3), imunossupressão (2), AVC (1), câncer (1), doença neurológica (1), doença renal (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais estão em investigação.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 23.549 casos foram confirmados e 42.080 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais.

SELEÇÃO PARA O LACEN – Já está disponível no portal.saude.pe.gov.br o resultado dos recursos da avaliação curricular e o final da seleção pública simplificada para o Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE). Ao todo, o certame ofertou 23 vagas para técnicos de laboratório com o intuito de ampliar o quadro de pessoal do órgão, tendo em vista o aumento na capacidade de testagem dos exames de biologia molecular (RT-PCR) para detecção do novo coronavírus. Os profissionais aprovados irão atuar na sede do Lacen, no Recife, além dos laboratórios das Gerências Regionais de Saúde (Geres) de Caruaru (IV), Petrolina (VIII) e Serra Talhada (XI).

As vagas no Recife são para os profissionais atuarem no regime de plantão, em turno único de 24 horas ou dois de 12 horas, cada. Já para os laboratórios das Geres, que fazem parte da rede descentralizada do Lacen, o trabalho será de diarista (4 horas diárias, totalizando 20 horas semanais).

É importante destacar que esta é a segunda seleção realizada especificamente para o Lacen-PE com o intuito de atender a necessidade temporária de excepcional interesse público relacionada à emergência em saúde pública decorrente do novo coronavírus. O chamamento dos profissionais será para o período de até 6 meses, podendo ser prorrogado por até 2 anos.

Para absorver a demanda de exames de RT-PCR, o Governo de Pernambuco também investiu em melhorias na estrutura física do Lacen-PE e adquiriu novo maquinário, que possibilitou automatizar e chegar a quadruplicar a capacidade de processamento dos exames. Só nos novos equipamentos e aquisição de insumos para o aparato foram investidos R$ 6 milhões, por meio da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (Facepe). Além das seleções públicas para profissionais, ainda foram nomeados cerca de 50 aprovados em concurso público para o órgão.

CAMPANHA – O Governo de Pernambuco lança, no fim da noite desta sexta-feira (11/12), mais uma versão da campanha de mídia para conscientizar a sociedade sobre a Covid-19. Reforçando a importância dos cuidados para evitar o contágio pelo novo coronavírus, as mídias serão transmitidas nas TVs, rádios e portais de internet, além da veiculação em outdoors e backbus, em todo o Estado. O novo material será divulgado até o dia 18/12 e ressalta que, enquanto não acontece a imunização em massa da população contra a doença, as medidas de higiene e segurança precisam continuar sendo cumpridas por todos.

“O próximo passo no enfrentamento à Covid-19 no Estado é garantir os insumos necessários para a estratégia de imunização em Pernambuco enquanto aguardamos a chegada da vacina. Mas vale reforçar que mesmo com a expectativa de vacinar a população em 2021, não podemos abandonar as medidas de higiene e segurança para evitar a contaminação pela doença. Manter as mãos sempre limpas, praticar o distanciamento social, evitar aglomerações e usar a máscara corretamente (cobrindo sempre a boca e o nariz), são as únicas formas efetivas, até o momento, de se proteger contra o novo coronavírus. Pernambuco vive um momento de alta no número de casos e relaxar nos cuidados pode causar ainda mais casos e mortes. A comunicação em saúde é essencial para divulgar informações corretas sobre a pandemia, mas o senso de responsabilidade da população é fundamental para atravessarmos esse momento”, reforça o secretário estadual de Saúde, André Longo. 


Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Copyright © Governo do Estado de Pernambuco. Todos os direitos reservados – 2020

Para cancelar o recebimento dos boletins de WhatsApp do Governo de Pernambuco, informe seu telefone (com DDD).

Skip to content