Boletim Secretaria de Saúde do Estado – n° de casos

WhatsApp Image 2020-08-24 at 18.46.56

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta segunda-feira (24/08), 217 novos casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, apenas 36 (16,5%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e os outros 181 (83,5%) são leves, ou seja, pacientes que não demandaram internamento hospitalar e que já estavam curados, ou na fase final da doença. Agora, Pernambuco totaliza 119.357 casos já confirmados, sendo 25.187 graves e 94.170 leves.

Confira os detalhes: https://bit.ly/3gskdd9

Além disso, o boletim de hoje registra, ao todo, 100.664 pessoas recuperadas da doença. Destas, 14.396 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 86.268 eram casos leves.

Os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por 183 municípios pernambucanos (tabela 2), além do arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência de pacientes e outros Estados e países.

Também foram confirmados laboratorialmente 9 óbitos (sendo 5 do sexo masculino e 4 do sexo feminino). Os novos óbitos confirmados são de pessoas residentes nos municípios de Bezerros (1), Caruaru (3), Jaboatão dos Guararapes (1), Nazaré da Mata (1) e Recife (3).Com isso, Pernambuco totaliza 7.399 mortes pela doença.

As mortes registradas no boletim de hoje ocorreram ocorreram nos dias 25/07 (1); 14/08 (1); 19/08 (1); 20/08 (4); e 23/08 (2). Os pacientes tinham idades entre 49 e 80 anos. As faixas etárias são: 40 a 49 (1), 60 a 69 (3), 70 a 79 (4) e 80 ou mais (1).

Dos 9 pacientes que vieram a óbito, 7 apresentavam comorbidades confirmadas: hipertensão (6), doença cardiovascular (4), diabetes (4), hanseníase (1), osteomielite (1), doença de Parkinson (1) e doença respiratória (1)- um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais estão em investigação.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 20.486 casos foram confirmados e 29.920 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais.

Buscando atender as necessidades e demandas geradas pela pandemia da Covid-19 no que se refere ao reforço da força de trabalho nas unidades estaduais de saúde, a SES-PE vem gradativamente ampliando o quadro de servidores por meio de nomeações, contratações, além do recrutamento e remanejamento de profissionais, de nível médio e superior de diversas áreas, como uma das estratégias para o enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. Desde o início de emergência em saúde pública, quase 10 mil profissionais foram convocados, contratados ou remanejados para atuar na linha de frente do combate ao vírus, constituindo o maior esforço de mobilização de recursos humanos da história de Pernambuco.

Mais de 3 mil profissionais foram nomeados por meio de concurso público para reforçar diversos serviços sob gestão estadual, tanto da SES-PE quanto do Complexo Hospitalar da Universidade de Pernambuco (UPE) e mais de 4,9 mil contratações foram realizadas por meio de seleção pública simplificada. Além disso, também foram recrutados 1,8 mil profissionais que estavam atuando em ambulatórios e passaram para a linha de frente da rede hospitalar ou para atendimento no aplicativo Atende em Casa, uma parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura do Recife. O aplicativo orienta usuários que estejam apresentando sintomas gripais sem a necessidade de deslocamento.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Copyright © Governo do Estado de Pernambuco. Todos os direitos reservados – 2020

Para cancelar o recebimento dos boletins de WhatsApp do Governo de Pernambuco, informe seu telefone (com DDD).

Skip to content