Governo de Pernambuco planeja a ampliação da rede estadual de saúde para bebês e crianças com sintomas respiratórios

WhatsApp Image 2020-08-28 at 18.30.52

Em reunião sobre a assistência a pacientes pediátricos com suspeita ou confirmação da Covid-19 no Estado, a secretária executiva de Atenção à Saúde da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), Cristina Mota, se reuniu, na manhã desta sexta-feira (28.08), com representantes de entidades médicas de Pernambuco e divulgou o planejamento proposto pela Secretaria para novas estratégias de ampliação da rede estadual de saúde para bebês e crianças com sintomas respiratórios, além das ações já implementadas pelo
Governo de Pernambuco.

Na pauta das iniciativas para os pacientes pediátricos, o grupo discutiu a capacidade de testagem na faixa etária, ampliação de leitos, uso da imunoglobulina no tratamento da síndrome inflamatória multissistêmica pediátrica (SIM-P) potencialmente associada ao novo coronavírus e as propostas de ações nas principais referências estaduais em pediatria. “Sabemos a importância da assistência aos pacientes pediátricos com suspeita ou confirmação da Covid-19. Por isso, precisamos ouvir as entidades de classe, assim como também estamos atentos às demandas da população, dialogando com transparência sobre os números e os cenários atuais para encontrar soluções viáveis e possíveis”, destacou Cristina Mota.

Sobre as vagas de pediatria para Covid-19, a secretária executiva divulgou que o Estado pretende por em funcionamento nos próximos dias, novos leitos de UTI pediátrica em serviços estaduais, seja abrindo novas vagas ou restruturando o perfil de unidades. O grupo também discutiu propostas de reestruturação de fluxo de atendimento aos pacientes nas unidades com o intuito de otimizar o funcionamento da rede.
Como já dito pelo secretário estadual de Saúde, André Longo, em coletiva de imprensa online transmitida na última quinta-feira (27.08), a secretária executiva de Atenção à Saúde destacou que, apesar da responsabilidade do fornecimento ser do Ministério da Saúde, diante da instabilidade e falta de perspectiva do fornecimento por parte do órgão federal, o Governo de Pernambuco já adquiriu cerca de 1 mil ampolas de imunoglobulina humana para abastecimento imediato das unidades que atuam no tratamento dos casos de SIM-P. A remessa deve chegar ao Estado já na próxima semana.

Em relação ao processamento das amostras biológicas dos pacientes pediátricos com suspeita da doença, a secretária executiva de Atenção à Saúde ressaltou que o novo parte tecnológico do Lacen-PE, inaugurado nesta sexta-feira pelo Governo de Pernambuco vão assegurar a diminuição do tempo dos resultados laboratoriais, bem como a ampliação da capacidade laboratorial.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Copyright © Governo do Estado de Pernambuco. Todos os direitos reservados – 2020

Para cancelar o recebimento dos boletins de WhatsApp do Governo de Pernambuco, informe seu telefone (com DDD).

Skip to content